top of page

Casos reais de mulheres reais

Durante as pesquisas alguns casos foram citados como os mais marcantes na história, casos reais que ilustram um pouco sobre o tema e contam um pouco sobre o que essas mulheres passam todo dia. Infelizmente a maioria dessas mulheres estão mortas e essas histórias são contadas por terceiros e pelas vítimas.

OBS: Todos os casos tem como objetivo ilustrar o que a violência doméstica causa, em momento nenhum o objetivo é desrespeitar a família da vítima ou a vítima. Foi feita uma pesquisa em cada caso para trazer a maior fonte de informações possíveis.

Caso Bárbara Penna – “Mulher tem 40% do corpo queimado após namorado atear fogo.”

No dia 07 de novembro de 2013, em Porto Alegre, Bárbara Penna, 25 anos, foi acordada por socos e depois de desmaiar foi despertada novamente pelo cheiro de álcool. Após uma discussão por ciúmes entre ela e João Guatimozin Moojen Neto, a vítima colocou os seus dois filhos, João Henrique, 3 meses e Isadora, 2 anos, para dormir e se dirigiu ao quarto.

Após a confissão do agressor, concluiu que depois de uma discussão, João decidiu atear fogo na casa onde vivia com a namorada, após acordar ela com socos e fazê-la desmaiar, ele jogou álcool e riscou um fósforo na vítima, ao tentar pedir por socorro, Bárbara despencou do 3º andar. Os filhos do casal permaneceram na casa, os dois morreram por asfixia por conta da fumaça, a vítima foi encaminhada para o hospital e teve 40% do seu corpo queimado – tendo que passar por mais de 220 cirurgias, ficando 4 meses internada e 38 dias em coma.

2019 - O réu foi condenado a 28 anos de prisão, e foi indiciado por três homicídios culposos triplamente qualificados – dos dois filhos e de um vizinho que tentou salvar as crianças -, tentativa de homicídio, e incêndio criminoso.


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page